Dois Papas é uma narrativa poderosa que inspirou o novo filme homônimo original da Netflix, estrelado por Anthony Hopkins e Jonathan Pryce, e dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles.

 Em Dois Papas, o escritor e roteirista, Anthony McCarten faz um exame minucioso da Igreja Católica e seus dois recentes líderes. O autor navega por todas as teorias a respeito da decisão chocante do papa Bento XVI de renunciar ao papado em 2013 e como papa Francisco lidou com sua inesperada chegada ao poder.

Com sua renúncia, Bento, um grande defensor do conservadorismo e visto como o homem mais convencional da Igreja Católica, causou espanto não só aos membros da Igreja, como também à imprensa e à população. McCarten avalia essa decisão como uma espécie de culpa por Bento não conseguir assumir uma postura de liderança diante de todos os escândalos envolvendo o Vaticano, incluindo as diversas acusações de abuso sexual.

Apesar de seguir um viés mais liberal, o papa Francisco também não é poupado de críticas, seu silêncio sobre as torturas cometidas pelo governo argentino quando ainda era cardeal é exposto e analisado pelo autor.

Com uma narrativa intrigante e envolvente, Dois Papas mergulha fundo nas polêmicas do Vaticano e na vida dessas duas figuras tão importantes para a história.

369 páginas.

Editora: Best Seller

 
 
 

DOIS PAPAS - FRANCISCO, BENTO E A DECISÃO QUE ABALOU O MUNDO

R$44,90
DOIS PAPAS - FRANCISCO, BENTO E A DECISÃO QUE ABALOU O MUNDO R$44,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Central de distribuição - MK Online Bookstore Rua Heitor Penteado, 553 - Vila Madalena - São Paulo

    Grátis

Dois Papas é uma narrativa poderosa que inspirou o novo filme homônimo original da Netflix, estrelado por Anthony Hopkins e Jonathan Pryce, e dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles.

 Em Dois Papas, o escritor e roteirista, Anthony McCarten faz um exame minucioso da Igreja Católica e seus dois recentes líderes. O autor navega por todas as teorias a respeito da decisão chocante do papa Bento XVI de renunciar ao papado em 2013 e como papa Francisco lidou com sua inesperada chegada ao poder.

Com sua renúncia, Bento, um grande defensor do conservadorismo e visto como o homem mais convencional da Igreja Católica, causou espanto não só aos membros da Igreja, como também à imprensa e à população. McCarten avalia essa decisão como uma espécie de culpa por Bento não conseguir assumir uma postura de liderança diante de todos os escândalos envolvendo o Vaticano, incluindo as diversas acusações de abuso sexual.

Apesar de seguir um viés mais liberal, o papa Francisco também não é poupado de críticas, seu silêncio sobre as torturas cometidas pelo governo argentino quando ainda era cardeal é exposto e analisado pelo autor.

Com uma narrativa intrigante e envolvente, Dois Papas mergulha fundo nas polêmicas do Vaticano e na vida dessas duas figuras tão importantes para a história.

369 páginas.

Editora: Best Seller